sexta-feira, 30 de agosto de 2013

O que disseram

Sei o que me disseram e não era brincadeira,
Todas as coisas da vida, sim elas são complicadas,
Elas nos fazem perder a cabeça, a confusão chega e tudo começa a ficar cinza,
Quanto tempo mais vou ter que esperar para entender?

Para muitos parece tão simples, o fato de ir e vir, de viver por viver, de sentir por sentir, mas porque parece tão complicado aqui?
As vezes só gostaria de ser mais um, aquela pessoa sem nada a acrescentar, apenas mais um rosto, mas como se muda a essência da qual você se acostumou por uma vida?
Sonhos, metas, objetivos, conquistas, será que tudo isso realmente vale a pena? Viver buscando por coisas que simplesmente eu ainda não tenho e talvez não tenha e mesmo se não valer, viver pelo que? O que mais daria energia de seguir mais um dia?
As chamas se apagam nos momentos mais frios...

Você percebe que a cada ano, a cada nova experiência, você se tornou alguém diferente, tão diferente que nem se conhece mais e acaba achando que está perdido, mesmo que ainda tudo seja você, nada mais tem o mesmo sentido de antes,
Como entrar o caminho quando você não sente os seus pés para caminhar? Porque tantas perguntas e tão poucas respostas?
Seria o fato de perguntamos demais e agir de menos? Ou seria o fato de agirmos demais e não nos questionarmos de porque estar fazendo?
Talvez o medo de recomeçar do zero a cada passo errado seja mais forte do que qualquer outro meio, porque é melhor estar em um caminho ruim mas que você conhece do que sair dele e ir para um caminho desconhecido, certo?

Nenhum comentário: