quarta-feira, 12 de outubro de 2016

No mundo dos sonhos PT1

Creio que todas as pessoas pelo menos uma vez na vida, já tentaram criar alguma possibilidade com pensamentos positivos, você pode até não acreditar nesse tipo de conversa, mas com certeza nunca pensou negativamente daquilo que queria muito, isso quase podermos afirmar com certeza, mas para alguns mais céticos, vamos pensar mais...

Imagine um mundo, onde todos seus pensamentos se manifestem instantaneamente, assim exatamente como está escrito, se você pensasse em sorvete, o sorvete que você pensou iria aparecer em sua frente, se você pensasse em estar em algum lugar, ao mesmo tempo, você seria levado para esse lugar, em questão de segundos, seria um mundo muito diferente do que estamos acostumados certo? Improvável imaginar que algo assim exista e possa ser logicamente vivido, correto? Bom, ai depende bastante, uma mente pensante é ilimitada e pelo que já vivenciei em vida, quase nada se cria, tudo se copia de algum lugar, mesmo que sejam alguns detalhes ou até mesmo a cópia integral com pequenas mudanças para não ficar tão aparente...

Sendo assim, com uma mente ilimitada, dentro desse espaço que nunca imaginamos certamente onde é, podemos criar qualquer história, objeto, situação e para os mais fortes, até sensações, ainda que muitos não percebam o quão poderosa é essa máquina que fica dentro de nossa cabeça, todos utilizam essas funções mencionadas diariamente, os que tomam atenção do que se pode fazer com o cérebro, acabam claro tirando mais proveito de tudo isso...

E o que o cérebro tem a ver com o mundo dos sonhos citado acima? 
Tudo! 
Nossos sonhos acontecem dentro de nossas cabeças, como todos já sabemos e não é nenhuma novidade, alguns sonhos são estranhos, cheios de detalhes que não reconhecemos, mas também dentro do sonho não estranhamos, não importa qual situação que estejamos vivenciando, se um elefante azul com asas de borboleta passar na sua frente, você só vai parar, olhar e dizer: "Ah, um elefante azul voando, que bacana", mesmo que seu cérebro não conheça essa informação de lugar nenhum, você pode conhecer o Elefante a cor azul e também as asas de borboleta, mas certamente nunca viu um elefante nessas condições voar e o mais estranho, você dentro dos seus sonhos não surta por ver algo assim..

Certo, chegamos a um ponto para começarmos a pensar juntos, se a cada sonho que temos, por mais bizarro que seja nós não tenhamos a estranheza dos detalhes, então, o que realmente é um sonho? Muitos dizem que são reflexos de coisas que vivemos a vida toda, lugares que visitamos, sensações que experimentamos, pessoas que conhecemos e como nosso raciocínio é extremamente rápido, juntamos várias informações e formamos uma história, que dura bastante tempo no mundo dos sonhos, mas dura poucos minutos no nosso plano de vida, mesmo que alguns detalhes nossa mente crie, como o exemplo do elefante ainda sim é bem incomum criarmos algo muito surreal, até porque dizem que nós só vemos nos nossos sonhos o que nós já vimos, baseado nesse pensamento, logo chegamos a conclusão de que possivelmente já vimos um elefante azul com asas de borboleta voar, talvez não literalmente, mas sim, dentro de alguma condição do nosso sub consciente algo possa se assemelhar a isso e simular essa história enquanto dormimos.

Ainda dentro desse assunto, sempre que temos um sonho nossos pensamentos se tornam realidade instantaneamente certo? Todos aqueles que experimentam pelo menos 3 ou 4 sonhos por semana se lembram com frequência desse detalhe, vemos um monstro, por exemplo e ai acordamos, mas na verdade, só vimos o monstro porque antes de passar uma porta pensamos, "Atrás dessa porta vai ter um monstro" e conforme imaginamos, ele aparece, o sonho sai do controle e você acorda, assustado, ofegante, muitas vezes até suado, com uma sensação de medo terrível que pode te fazer perder a noite de sono...

Então, baseado nesse pensamento acima, podemos concluir que o mundo dos sonhos, interfere em nossa realidade diretamente, mesmo que por pouco tempo, salvo em raras exceções de sonhos pesados que algumas poucas pessoas tem toda as noites, acabamos mudando nossa rotina na vida real baseado em um pensamento que se tornou real dentro de um sonho, nesse ponto, já conseguimos unir a realidade com o mundo dos sonhos e compartilhar uma sensação desse mundo para o nosso, mas porque será que essa sensação vem do mundo dos sonhos e acaba entrando em nosso corpo físico?

Bom... Já sabemos que todo o sonho acontece dentro de nossas cabeças, sendo assim, um sonho nada mais é que um evento que acontece dentro do nosso cérebro que faz simulações de coisas que presenciamos e devolve essa sensação para nós.. e é ai que tudo começa a ficar muito interessante... Mas antes, vamos nos atentar para outro ponto..

Biologicamente todas as partes do nosso corpo servem para alguma coisa, mesmo que algumas já tenham deixado de servir devido a evolução do corpo físico, ou seja, ou uma parte é essencial para nossa vida ou pelo menos já foi no passado, sendo assim, podemos concluir claramente que o corpo, em seu estado normal (não considerando problemas genéticos ou desenvolvidos durante a vida), não desperdiça nada, tudo o que nosso corpo tem é útil de alguma forma, que seja mínima ou máxima, por exemplo, temos milhares de terminações nervosas em uma pequena parte do corpo e também muitos milhares de sensores, tudo isso serve para nos alertar de perigos, causar sensações, etc, tudo para que nosso cérebro saiba exatamente o que está acontecendo com cada parte do corpo e ai chegamos ao ponto que era interessante, o sonho, sendo uma função inteiramente biológica, não serve para nada mais que simular situações? Os sonhos não podem ser uma função vital também assim como algumas terminações nervosas que temos no corpo?

Vou contar uma experiência real, que pode ajudar nesse raciocínio;

Aqui nesse blog, tem um texto chamado pesadelo amargo, vou deixar o link abaixo para que vocês possam ver que é real, eu postei esse texto já fazem alguns anos e foi um sonho muito pesado que tive, tinha situações desconfortáveis ao ponto de me fazer acordar em extrema agonia e passar o dia todo assim, mas logo em seguida, eu comecei a ter uma outra percepção daquele assunto, eu precisava realmente mudar minha visão em relação a algo e foi aquele sonho que me deu essa experiência e assim eu consegui evoluir essa parte em minha vida real, baseada em um sonho aleatório e pesado que tive em uma noite qualquer da minha vida.


Pensando por esse lado, será que os sonhos podem então ser uma função do corpo para conseguirmos simular sensações e aprender coisas novas? Já ouvi dizer uma vez que os animais, no caso estávamos falando de cachorros, sonham que estão correndo bastante quando são muito novos, alguns até mexem as pernas na vida física quando estão sonhando com coisas assim, isso fortalece os músculos de suas pernas e os deixa preparados para passar essa situação em vida, visto que nosso cérebro não para nenhum segundo, só a nossa consciência que desliga enquanto dormimos....

E se pudéssemos controlar os sonhos? Poder experimentar a sensação que quisermos, enfrentar medos, sabendo que aquilo não apresenta perigo, poder superar traumas através de tratamentos que você mesmo possa fazer a você ou então, estudar sobre algum assunto que você não teve tempo enquanto estava acordado?

Se a questão acima vir a ser real, então o começo de todo esse texto começa a passar de surreal para algo mais possível, o nome dessa atividade é "Sonho Lúcido" e você pode achar diversos assuntos relacionados a isso na internet e até algumas técnicas de como fazer, então, se você chegou até aqui e compreendeu o sentido de todo esse texto, faça suas pesquisas, procure simular o sonho da sua forma e encarar algum grande medo que você tem, isso é uma terapia gratuita e a resposta fica dentro de você mesmo.

Essa é a primeira parte dos pensamentos dos mundos sonhos, teremos cerca de 9 partes retratando sobre isso, viva a experiência por você, cada pessoa consegue de alguma forma chegar ao objetivo que deseja, então procure a resposta dentro de você! Se você já teve alguma vez essa experiência de sonho lúcido, então vai ser mais fácil ter uma segunda e você só vai saber que está dentro de um sonho lúcido, quando conseguir dormir acordado.

Boa sorte!

Nenhum comentário: